Busca por Profissional

Conheça as vantagens que você poderá ter sendo um associado e como fazer para associar-se.

Notícia

Publicado em: 19/06/2012 17:06

Coordenador do curso de Engenharia Civil da PUC-PR e com experiência de mais de 12 anos como diretor tesoureiro e presidente da Comissão de Acessibilidade do CREA-PR, Krüger assumiu um compromisso com a inovação e qualidade. ?Estou comprometido com a participação da comunidade profissional e empresarial no processo decisório do CREA-PR, para que possamos consolidar de forma inovadora os programas, processos e procedimentos do Conselho?, diz. Para isso, será fortalecido o modelo de Governança Cooperativa, que prima pela participação de todas as partes no processo de regulamentação, organização, fiscalização e controle do exercício profissional, além de propiciar o debate e a percepção de diferentes visões sobre um mesmo assunto, resultando em maior eficácia e eficiência da atuação do Conselho, das Câmaras Especializadas e do seu Plenário. A Agenda Parlamentar, programa destaque promovido pelo CREA-PR em conjunto com as entidades de classe paranaenses e que desde 2006 colabora com a gestão pública, será um dos pontos fortes de sua gestão. ?Concretizaremos as propostas de políticas públicas e os Estudos Básicos de Desenvolvimento Regional - EBDRs, que podem se consolidar tanto como instrumentos de valorização profissional quanto de melhoria da qualidade de vida dos paranaenses?, avisa, lembrando que os Estudos contemplam temas como saneamento básico, infraestrutura e logística, mobilidade urbana, resíduos sólidos, energia e agricultura de baixo carbono, entre outros. Um Conselho atento à demanda do crescimento Segundo Krüger, a expectativa de investimentos em áreas estruturantes indutoras do desenvolvimento aquece setores da economia como a construção civil, petróleo, engenharia naval, habitação, infraestrutura, logística, agronegócio, ávidos por profissionais das áreas das Engenharias, Agronomia, Geociências, Tecnológicas e Técnicas. ?A estimativa é de que em 2020 o Brasil precise de 560 mil a 1,16 milhão de engenheiros, de acordo com o seu crescimento. Para atender a essa demanda, o País tem que passar a formar entre 86 mil e 148 mil engenheiros por ano a partir de 2020?, fala, observando que esta é condição sine qua non para abastecer de forma sustentável o mercado com profissionais das áreas tecnológicas como foco neste virtuoso desenvolvimento. Estão também entre as metas da gestão de Joel Krüger frente ao CREA-PR estão a continuidade das rotinas inseridas nas normas da ISO 9001:2008 (certificação obtida em 2010); novos convênios e parcerias como as já efetuadas com o Tribunal de Contas do Estado do Paraná, o Ministério Público e a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento (SEAB); o fortalecimento do apoio às entidades de classe; a desburocratização dos procedimentos administrativos do Conselho; a continuidade na aproximação com as instituições de ensino; a criação do Fórum Permanente de Valorização e Defesa da Boa Engenharia, Agronomia e Geociências na Administração Pública; e um forte incremento da fiscalização, elevando em no mínimo 50% o número de ações de fiscalizações praticadas pelo Conselho. ?Ampliaremos a atuação do CREA-PR para além de seu compromisso de fiscalizar o exercício das profissões das áreas tecnológicas?, fala. ?Precisamos nos desafiar e inovar, promovendo efetivamente a transformação do futuro em um tempo melhor para o exercício das nossas profissões?, finaliza. Fonte: Básica Assessoria de Imprensa

Mais notícias

Geral

Crea-PR lança o Livro de Ordem digital, ferramenta prática e gratuita de gestão de obras e serviços

Postado em 19/06/2012 17:06

Geral

11 de Dezembro dia do(a) Engenheiro(a)

Postado em 19/06/2012 17:06

Geral

Engenheiro Ricardo Rocha de Oliveira é reeleito como Presidente do Crea-PR

Postado em 19/06/2012 17:06

Geral

Eleições do Sistema Confea/Creas e Mútua 2020

Postado em 19/06/2012 17:06

Geral

Boletim Informativo

Postado em 19/06/2012 17:06